Carrinho:
0 produtos
Categorias




Indique a um amigo


Diga para alguém que você conheça sobre esse produto.
Notificações
NotificaçõesNotifique-me de atualidades paraHistória da Supervisão Educacional no Brasil
Home » Loja » Gestão, Supervisão e Orientação » livro » História da Supervisão Educacional no Brasil
[livro]
R$56,00

          ISBN 978-85-7854-187-3

Autor: Marcos Pereira dos Santos

Formato: 14x21cm

224 páginas

Resumo:

Esta obra apresenta um panorama histórico da origem e da evolução do serviço de Supervisão Educacional - das raízes ao quadro do século XXI - no contexto escolar brasileiro em termos de políticas públicas educacionais, Pedagogia e docência. Em um primeiro momento, faz-se uma retrospectiva histórica da Supervisão Educacional no âmbito da escola brasileira, desde seus antecedentes e sentidos clássicos, passando pelo regime colonial (1500-1822) e monárquico (1822-1889), até a década de 1920. Em seguida, apresentam-se algumas reflexões acerca da Inspeção Escolar como marco inicial da Supervisão Educacional brasileira na Primeira República (1889-1930) e na Segunda República (1930-1945); bem como sobre a presença do serviço de Inspeção no Estado do Paraná (1853-1930), particularmente à luz do Código de Ensino de 1917. Na sequência, desvelam-se os ranços e os avanços, os limites e as possibilidades do trabalho da Supervisão no contexto educacional brasileiro na década de 1950, em relação ao Programa de Assistência Brasileiro-Americana ao Ensino Elementar (PABAEE); nos anos 60, em face das legislações educacionais n.º 4.024/61 e n.º 5.540/68, do Parecer n.º 252/69 e da Resolução n.º 02/69; e na década de 1970, sob a ótica da Lei n.º 5.692/71. Por fim, busca-se analisar os contextos de trabalho, as facetas e os desafios do supervisor educacional na escola dos anos 80, enquanto 'especialista' ou 'técnico' em educação, e do século XXI, em relação às funções do professor-pedagogo sob o olhar da Lei n.º 9.394/96, do gestor escolar na tessitura do projeto político-pedagógico da escola e do coordenador pedagógico no processo de formação continuada de professores em serviço.

 

Currículo do autor:

Natural de Ponta Grossa – Estado do Paraná, é doutorando e mestre em Educação. Especialista em Administração, Supervisão e Orientação Educacional. Especialista e licenciado em Matemática pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Também é licenciado em Pedagogia pela Sociedade Educativa e Cultural Amélia Ltda. (SECAL) – Faculdade Santa Amélia, localizada na mesma cidade. Possui experiência profissional na Educação Básica e Superior, nas redes pública e privada (docência e assessoria pedagógica institucional). Tem vários artigos publicados em revistas especializadas na área educacional e dedica-se à pesquisa sobre Educação Matemática, Educação Estatística, Educomunicação, Tecnologias Educacionais, Cultura Material Escolar, Educação a Distância e Formação de Professores. É poeta e autor das obras Recursos didático-pedagógicos na educação matemática escolar: uma abordagem teórico-prática, publicado pela Editora Ciência Moderna; Educação estatística na escola: teorias e práticas, pela Editora Livre Expressão; História da supervisão educacional no Brasil: reflexões sobre política, pedagogia e docência, publicado pela Wak Editora. Atualmente exerce a função de professor adjunto no Centro de Ensino Superior dos Campos Gerais (CESCAGE) em Ponta Grossa/PR, em diversos cursos de graduação e pós-graduação lato sensu. Endereço eletrônico: mestrepedago@yahoo.com.br  

 

Sumário:

Prefácio

Apresentação

Trilhando o caminho

Capítulo I

Historiando a supervisão educacional no Brasil: das origens à década de 1920

1.1   Gênese da supervisão educacional: antecedentes históricos

1.2   Sentidos do termo supervisão: reflexões preliminares

1.3   A supervisão educacional no período colonial (1500-1822)

1.4   O regime monárquico (1822-1889) e a supervisão educacional

1.5   Década de 1920: surgimento da profissão de supervisor educacional?

Capítulo II

A inspeção escolar brasileira e paranaense no período republicano (1889-1945)

2.1 Inspeção escolar: marco inicial da supervisão educacional brasileira na fase republicana (1889-1945)

 2.1.1 A Primeira República (1889-1930) e a inspeção escolar

 2.1.2 O serviço de inspeção escolar na Segunda República (1930-1945)

2.2 A inspeção escolar no Estado do Paraná (1853-1930): um recorte histórico

 2.2.1 O Código de Ensino de 1917 e a inspeção escolar paranaense

Capítulo III

Limites e possibilidades do trabalho da supervisão educacional no Brasil (1950-1970)

3.1 O PABAEE e a supervisão educacional na década de 1950

3.2 A supervisão educacional face às legislações educacionais dos anos 60-70

 3.2.1 O advento da Lei n.º 4.024/61 e a supervisão educacional

 3.2.2 A supervisão educacional à luz da Lei n.º 5.540/68

 3.2.3 O Parecer n.º 252/69, a Resolução n.º 02/69 e a supervisão educacional

 3.2.4 A supervisão educacional sob a ótica da Lei n.º 5.692/71

Capítulo IV

A supervisão educacional brasileira nos anos 80-90: contextos, facetas e desafios

4.1 Anos 80: “década perdida”?

 4.1.1 O papel do supervisor educacional na década de 1980

4.2 Década de 1990: a “década da metamorfose esperada”

 4.2.1 O professor-pedagogo no século XXI: o olhar da Lei n.º 9.394/96

 4.2.2 A tessitura do projeto político-pedagógico da escola: função exclusiva do gestor  escolar?

 4.2.3 A formação continuada de professores em serviço: tarefa do coordenador pedagógico

Considerações finais

Do caminho percorrido, muito mais a percorrer

Referências




R$56,00

Este produto foi adicionado em nosso catálogo em terça 03 julho, 2018.
Comentários