Carrinho:
0 produtos
Categorias




Indique a um amigo


Diga para alguém que você conheça sobre esse produto.
Notificações
NotificaçõesNotifique-me de atualidades paraBrincar é Saúde - o lúdico como estratégia preventiva
Home » Loja » Saúde » livro » Brincar é Saúde - o lúdico como estratégia preventiva
[livro]
R$44,00

          ISBN 978-85-7854-082-1

Organizadoras: Aidyl M. Queiroz Pérez-Ramos e Vera Barros de Oliveira

Formato: 14x21cm

252 páginas

Resumo:

Este livro aborda a importância do brincar para a preservação, a manutenção e a recuperação da saúde, com o apoio de fundamentação teórica, a qual conceitua a saúde como bem-estar social e subjetivo. Descreve também situações vividas pela criança e por sua família em diversos processos de hospitalização, inclusive de intervenções cirúrgicas. Sugere, com base em estudos, estratégias que se utilizam de jogos e brincadeiras, visando à adesão ao tratamento e à relação fluente e efetiva com a equipe hospitalar.

 

Currículo das organizadoras:

Aidyl M. Queiroz Pérez-Ramos

Possui graduação em Educação pela Universidade de São Paulo (1948), graduação em Psicologia - Columbia University (1956) e doutorado em Psicologia (Psicologia Clínica) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1960). Professor Titular aposentado da Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Assis Unesp e professor convidado pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. Perito das Nações Unidas na Espanha e África Ocidental. Professor Convidado pela Universidade Central de Venezuela e na Universidad La Laguna, Espanha. Titular da Cadeira nº 30, da Academia Paulista de Psicologia. Editora, há 16 anos, do Boletim Academia Paulista de Psicologia. Larga experiência na docência universitária e no exercício profissional na área de Psicologia Clínica, com ênfase em História, Teorias e Sistemas em Psicologia, atuando clinicamente no: ambiente hospitalar, primeira infância e avaliação-intervenção psicológica. Número expressivo de publicações: livros, capítulos de livros, artigos em revistas cientificas.

Vera Barros de Oliveira

Possui bacharelado e licenciatura em Pedagogia (1959) e formação em Psicologia (1986) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Mestrado em Psicologia Social (1983) e Doutorado em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano (1989) pela Universidade de São Paulo. Livre-Docente em Psicologia Social pela USP (1998). Membro do Laboratório de Epigênese do IPUSP. Professora Titular do Programa de Mestrado em Psicologia da Saúde da Universidade Metodista de São Paulo, de 1994 a 2012. Membro do Grupo de Trabalho da ANPEPP "Brinquedo, Aprendizagem e Saúde". Presidente da Associação Brasileira de Brinquedotecas. "Research Coordinator" da "International Toy Libraries Association". Membro da Academia Paulista de Psicologia. Possui várias publicações sobre o Brincar e a Brinquedoteca.

 

Sumário:

APRESENTAÇÃO

Cap. I – PROGRESSOS CIENTÍFICOS NA QUALIDADE DE VIDA DAS CRIANÇAS: O LÚDICO COMO ESTRATÉGIA PREVENTIVA 

Aidyl M. de Queiroz Pèrez-Ramos

Cap. II – O BRINCAR DA CRIANÇA HOSPITALIZADA E A FAMÍLIA: O QUE DIZEM OS TRABALHOS? 

Vera Barros de Oliveira.

Cap. III – A BRINCADEIRA COMO AÇÃO NO MUNDO: O MODUS OPERANDI DA CRIANÇA NO ENFRENTAMENTO DA DOENÇA E DA HOSPITALIZAÇÃO

Keyla Reis

Ilka Bichara

Cap. IV – O BRINCAR PARA AS CRIANÇAS HOSPITALIZADAS E PARA SUAS MÃES            

Silvana Maria Moura da Silva

Emniele Pinto Borges

Flor de Maria Araujo Mendonça.

Cap. V – A CRIANÇA COM LEUCEMIA, O SEU TRATAMENTO E O BRINCAR Therezinha Vieira

Danielle Pereira Matos

Daniela Maria Teixeira Silveira Ivo  

Marcia Sartorelo Carneiro.

Cap. VI – O BRINCAR E A BRINQUEDOTECA NA FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS EM PEDAGOGIA HOSPITALAR

Luana Carramilho Going  

Maria Ângela Barbato Carneiro

Cap. VII – O LÚDICO NO DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM DA CRIANÇA HOSPITALIZADA

Eneida Simões da Fonseca

Cap. VIII – A BRINQUEDOTECA NO AMBIENTE HOSPITALAR AMBULATORIAL

Antonia Cristina Peluso de Azevedo


R$44,00

Este produto foi adicionado em nosso catálogo em terça 31 outubro, 2017.
Comentários